Governo de São Tomé vai comprar central de energia térmica

26 June 2006

São Tomé, São Tomé e Príncipe, 26 Jun – O governo de São Tomé e Príncipe vai comprar uma central térmica e investir perto de 700 mil euros na reabilitação de infra-estruturas energéticas, para fazer face à falta de electricidade.

O Ministro dos Recursos Naturais, afirmou que a negociação da compra da central, que funcionará à base de fuel e gás, deverá ser concluída nas próximas semanas, e será uma solução de curto prazo, que permitirá uma redução das tarifas energéticas.

A nova central “vai trabalhar numa primeira fase a fuel, com uma capacidade de 20 megawatts.

Posteriormente trabalhará a gás quando tiver capacidade para armazenar gás”, dado o preço mais baixo deste combustível, afirmou o ministro Deus Lima, ao diário Tela Non.

Contudo, adiantou o ministro, antes que a nova central entre em funcionamento a Empresa de Água e Electricidade (EMAE) será obrigada a nova revisão das tarifas eléctricas, para fazer face ao aumento do preço do petróleo.

Deus Lima disse ainda que a Ministra do Plano e Finanças já deu autorização para o desbloqueamento de perto de 700 mil euros para obras de manutenção de três grupos de geradores da central térmica existente em São Tomé, em risco de paralisarem.

O problema da falta de energia, adiantou Deus Lima, só ficará definitivamente solucionado quando entrar em funcionamento a hidroeléctrica do Contador, parada há vários meses, sendo que já está em teste uma das turbinas e a outra está a ser concluída.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH