Grupo siderúrgico brasileiro anuncia investimento para abastecer mercado chinês

29 June 2006

São Paulo, Brasil, 29 Jun – O grupo brasileiro Gerdau, o maior produtor de aço longo no continente americano, anunciou quarta-feira novos investimentos para atender o mercado internacional, nomeadamente a China.

O investimento de 1,5 mil milhões de dólares permitirá aumentar a produção total do grupo dos actuais 19 milhões de toneladas para 20,5 milhões de toneladas anuais de aço.

O aumento da produção será feito na subsidiária Açominas, no Estado de Minas Gerais, na região Sudeste do Brasil, responsável pelas exportações do grupo para a China.

Os novos investimentos foram anunciados durante uma cerimónia na sede da empresa, na cidade de Ouro Branco, com a presença do presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva.

O grupo Gerdau informou em comunicado que a expansão da subsidiária tem como objectivo atender a demanda do mercado internacional, que consome actualmente 70 por cento de sua produção total.

O comunicado salienta ainda que a procura mundial por aço se manterá em crescimento, principalmente por causa do consumo chinês.

A capacidade da unidade do grupo brasileiro em Ouro Branco será ampliada de três milhões para 4,5 milhões de toneladas de aço por ano.

Actualmente, o grupo Gerdau é o 14º maior do sector no mundo, com fábricas no Brasil, Argentina, Canadá, Chile, Colômbia, Estados Unidos e Uruguai.

O grupo brasileiro, que detém igualmente 40 por cento da espanhola Sidenor, foi fundado há 105 anos, com uma fábrica de pregos em Porto Alegre, capital do Estado do Rio Grande do Sul.

Desde 2001, o grupo exporta produtos siderúrgicos, nomeadamente, placas, blocos e tarugos, para o mercado chinês.

Recentemente, o grupo brasileiro admitiu que estuda oportunidades de investimento na China, dentro da estratégia de adquirir siderurgias no estrangeiro para atender o mercado destes países.

O vice-presidente da empresa, Ruy Lopes, não avançou, entretanto, que projectos o grupo brasileiro está a estudar na China.

No ano passado, o grupo Gerdau registou um lucro líquido de 1,616 mil milhões de dólares, um aumento de 0,3 por cento face a 2004.

A facturação do grupo ascendeu a 12,03 mil milhões de dólares em 2005, um aumento de 8,9 por cento em relação a 2004. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH