Correios portugueses procuram parceiro em Angola para implementar serviço de pagamentos Payshop

5 July 2006

Lisboa, Portugal, 05 Jul – Os CTT – Correios de Portugal estão à procura de um parceiro em Angola para implementar o seu serviço Payshop, que permite efectuar pagamentos de facturas em estabelecimentos comerciais.

Em declarações ao Jornal de Negócios em Lisboa, o administrador financeiro dos CTT afirmou que a empresa está disponível para participar no capital da Payshop angolana, mas que o principal interesse é a exportação do serviço e da tecnologia, que tem vindo a obter grande receptividade em Portugal.

“Somos vendedores de tecnologia e queremos participar com parceiros locais ou investidores, pois vendemos o nome, a marca e o apoio técnico”, afirmou Estanislau Mata Costa.

O serviço está actualmente em vias de ser lançado na Roménia e estão a ser estudadas outras oportunidades de investimento no Leste europeu, adiantou o administrador financeiro dos CTT.

Em Portugal, o serviço está actualmente disponível em mais de 2.500 pontos de venda e a meta para o final deste ano é atingir os 3.000.

No ano passado, o Payshop processou três milhões de transacções mensais, em média, e contribuiu com 1,8 milhões de euros para os resultados líquidos dos CTT.

A Payshop foi comprada há três anos pelo grupo CTT, controlado pelo Estado português e líder destacado na distribuição postal. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH