Linha de crédito para Angola até 500 milhões de euros disponível antes do final do ano

6 July 2006

Lisboa, Portugal, 06 Jul – Portugal e Angola acordaram na criação de uma linha de crédito até 500 milhões de euros para projectos em Angola, envolvendo empresas portuguesas e angolanas, anunciou quarta-feira em Lisboa o Ministério das Finanças.

O memorando de entendimento foi assinado terça-feira pelo secretário de Estado do Tesouro e Finanças, Carlos Pina, e pelo vice-ministro das Finanças angolano, Job Graça.

A nova linha de crédito destina-se a apoiar, prioritariamente, projectos nas áreas da construção e reabilitação de estradas e pontes, infra-estruturas ferroviárias, portuárias e aeroportuárias e sociais (saúde e educação) e deverá estar disponível até ao final do ano, adianta o comunicado do Ministério das Finanças.

A linha de crédito prevê ainda apoios a projectos nas áreas de produção, transporte e distribuição de energia e águas, bem como da inovação e investigação científica e tecnológica e da formação de recursos humanos.

As condições deste instrumento de crédito vão ser definidas num acordo quadro de financiamento que vai agora ser desenvolvido por comissões de negociação coordenadas por Carlos Pina e Job Graça.

Beneficiando de uma garantia da República de Angola, o acordo estabelece um crédito de 300 milhões de euros, “extensíveis até aos 500 milhões quando for atingido aquele limite”, afirma o comunicado. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH