Banco Africano Desenvolvimento atribuiu 1.300 milhões de dólares a Moçambique em 29 anos

7 July 2006

Maputo, Moçambique, 07 Jul – O Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) desembolsou mais de 1.300 milhões de dólares desde o início das suas operações em Moçambique, em 1977, o que permitiu lançar 70 acções, incluindo 52 projectos de desenvolvimento.

O montante foi utilizado para apoio às áreas da agricultura, água e saneamento, indústria e projectos integrados em vários sectores, mas somente 16 projectos já foram concluídos, neste período.

Estes dados foram fornecidos pelo ministro de Planificação e Desenvolvimento de Moçambique, Aiuba Cuereneia, que falava aos jornalistas no final de uma reunião de revisão de carteira de projectos financiados pelo BAD ao país.

Aiuba Cuereneia disse que estão actualmente em curso 24 projectos, que representam 512 milhões de dólares e cobrem, fundamentalmente, o sector de infra-estruturas.

No âmbito de apoio do BAD ao país, o executivo moçambicano aprovou recentemente a Estratégia para Assistência a Moçambique para o período 2006/2009, documento elaborado em conformidade com as linhas de orientação do Plano de Acção para a Redução da Pobreza Absoluta (PARPA-II), visando executar o programa quinquenal do Governo.

Assim, para os próximos três anos, o BAD desembolsará 116 milhões de dólares para o apoio ao Orçamento do Estado e 55,1 milhões para o sector de água, anunciou o ministro de Planificação e Desenvolvimento de Moçambique.

Proximamente, o governo moçambicano e os representantes do BAD em Moçambique vão iniciar conversações no sentido de o banco passar a disponibilizar financiamentos a 100 por cento e a necessidade de se estudar a possibilidade deste financiar projectos nos distritos do país. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH