Grupo brasileiro planeia produzir um milhão de toneladas de aço especial na China

7 July 2006

São Paulo, Brasil, 07 Jul – O grupo brasileiro Gerdau, o maior produtor de aço longo no continente americano, planeia produzir cerca de um milhão de toneladas por ano na China, foi quinta-feira divulgado.

A produção de aço especial da nova unidade, cujo projecto está em fase final de negociação, será feita em parceria com uma empresa chinesa, avançou o presidente do grupo, José Gerdau Johannpeter.

Em declarações ao jornal Valor Económico, à margem de um seminário que reuniu especialistas do sector, o presidente do grupo salientou, entretanto, que não há prazo definido para o fecho das negociações, que deverão levar ainda de “três a nove meses”.

A demora da definição da primeira unidade do grupo brasileiro na China decorre da “complexidade” da operação, segundo admitiu o próprio responsável.

A decisão de investir na China foi tomada pelo grupo brasileiro “há mais de um ano”, depois da realização de um estudo estratégico para a futura actuação.

Nos últimos anos, uma das estratégias do grupo brasileiro tem sido adquirir siderurgias no estrangeiro para atender ao mercado destes países.

Actualmente, o grupo Gerdau é o 14º maior do sector no mundo, com fábricas no Brasil, Argentina, Canadá, Chile, Colômbia, Estados Unidos e Uruguai.

O grupo brasileiro, que detém igualmente 40 por cento da espanhola Sidenor, foi fundado há 105 anos, com uma fábrica de pregos em Porto Alegre, capital do Estado do Rio Grande do Sul.

Actualmente, o grupo exporta produtos de siderurgia, nomeadamente, placas, blocos e tarugos, para o mercado chinês.

A exportação é realizada pela Açominas, uma das empresas adquiridas pelo grupo no estado de Minas Gerais, região Sudeste do Brasil, em 2001.

No fim de Junho, o grupo brasileiro Gerdau anunciou novos investimentos na Açominas para atender o mercado internacional, nomeadamente a China.

O investimento de 1,5 mil milhões de dólares permitirá aumentar a produção total do grupo das actuais 19 milhões de toneladas para 20,5 milhões de toneladas anuais de aço.

No ano passado, o grupo Gerdau registou um lucro líquido de 3,245 mil milhões de reais (1,616 mil milhões de dólares), um aumento de 0,3 por cento face a 2004.

A facturação do grupo ascendeu a 25,5 mil milhões de reais (12,03 mil milhões de dólares) em 2005, um aumento de 8,9 por cento em relação a 2004. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH