Brasileira Embraer anuncia venda de oito jactos para Mandarin Airlines

11 July 2006

São Paulo, Brasil, 11 Jul – A Embraer, o quarto maior fabricante mundial de aeronaves, anunciou segunda-feira a venda de oito jactos para a empresa Mandarin Airlines, de Taiwan.

Os jactos foram vendidos por meio de um contrato de leasing assinado com a GE Commercial Aviation Services (GECAS), com entregas para o segundo semestre de 2007, salientou a empresa brasileira em comunicado.

A empresa aérea utilizará os jactos da Embraer na substituição de seus aviões Focker 100 e Focker 150 em rotas domésticas, além do desenvolvimento de rotas curtas na Ásia.

A Embraer anunciou igualmente a ampliação de sua rede de apoio na região da Ásia Pacífico, através da criação de um centro logístico de peças de reposição e da instalação de um simulador de voo.

“Estamos na fase final do processo de escolha do local para a construção deste centro, que objectiva aumentar o apoio à Mandarin e aos clientes na região, com início da operação antes do segundo semestre de 2007”, disse o vice-presidente da Embraer, Frederico Fleury Curado.

A Mandarin Airlines é uma subsidiária da companhia China Airlines e realiza actualmente 65 partidas diárias para 19 destinos em Taiwan e região.

Em 2002, através de uma “joint venture” com a China Aviation Industry Corporation, a Embraer criou sua primeira unidade no estrangeiro.

A Harbin Embraer Aircraft Industry Company está localizada na cidade de Harbin, capital da província de Heilongjiang, na região Nordeste da China. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH