Espanha concede ajuda orçamental de 3 milhões de dólares a Cabo Verde

12 July 2006

Cidade da Praia, Cabo Verde, 12 Jul – Espanha vai conceder uma ajuda de orçamental de, pelo menos, três milhões de dólares a Cabo Verde no próximo ano, sobretudo para projectos no sector do ambiente, noticiou a imprensa local.

O diário A Semana, que cita fonte do Ministério das Finanças cabo-verdiano, afirmou que o montante de ajudas, que começa hoje a ser negociado entre os dois países, poderá atingir os cinco milhões de euros.

Para negociar o acordo para o próximo ano, que deverá ser assinado em Setembro, uma missão técnica da cooperação espanhola está na cidade da Praia desde a noite de terça-feira e durante esta semana.

Citando fonte das Finanças, o mesmo diário avança que a ajuda deve ser direccionada para o Programa Nacional para o Ambiente (PANA II), em particular para água e saneamento.

De fora do “pacote” para o próximo ano, adianta, ficará o financiamento dos projectos actualmente em curso, como a requalificação da Cidade Velha, na Praia.

Espanha é actualmente um dos maiores contribuintes externos para o orçamento cabo-verdiano, a par do Banco Mundial, União Europeia e Holanda, Áustria e Banco Africano de Desenvolvimento.

No final de Junho, as autoridades espanholas anunciaram a criação de um gabinete técnico de cooperação exclusivamente dedicado a Cabo Verde, além de apoiar a candidatura da capital cabo-verdiana a património mundial da UNESCO, durante uma visita à Praia do chefe da diplomacia espanhola, Miguel Angel Moratinos.

Durante a visita de Moratinos, que se seguiu à da rainha Sofia de Espanha, no mês passado, Cabo Verde manifestou ainda a intenção de estabelecer um programa indicativo de cooperação com o país ibérico, para estabilizar os projectos envolvendo os dois países. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH