Sul-africano Standard Bank entra em Angola

14 July 2006

Joanesburgo, África do Sul, 14 Jul – O sul-africano Standard Bank, uma das maiores instituições financeiras do continente, anunciou que vai entrar em Angola, procurando tirar partido das perspectivas de crescimento da economia em geral e do mercado bancário em particular.

Através da filial Stanbic Africa, o Standard Bank vai abrir hoje o seu escritório de representação em Luanda, de acordo com informação divulgada em Joanesburgo.

“Vamos expandir as nossas operações em Angola, com base na oportunidade de mercado e na procura que se regista por parte dos consumidores”, afirmou Craig Bond, director-geral do Stanbic Africa.

A economia angolana cresceu 15,7 por cento no ano passado e, segundo o Fundo Monetário Internacional, deverá expandir-se anualmente 13 por cento, em média, nos próximos cinco anos.

O país, que já é o segundo maior produtor de petróleo da África sub-saariana, tem em curso importantes investimentos na construção e reabilitação de infra-estruturas, grande parte das quais financiadas pela China.

O mercado bancário angolano é actualmente dominado pelo Banco Fomento de Angola (BFA), do grupo português BPI e pelo Banco de Poupança e Crédito.

Além do BFA, que no ano passado alcançou a liderança entre as instituições bancárias credoras em Angola, actuam neste país o Banco Espírito Santo e o Totta, que recentemente estabeleceu uma parceria com o grupo público português Caixa Geral de Depósitos, para investirem até 100 milhões de euros na expansão de uma rede conjunta no país.

O maior banco privado português, Millennium Bcp, está a iniciar o seu processo de expansão, tal como o BIC, participado pelo empresário português Américo Amorim.

O Standard Bank é um dos maiores bancos de Moçambique e foi recentemente considerado o mais rentável neste país, num estudo da consultora KPMG. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH