Investimento directo estrangeiro aumenta em Portugal, Europa lidera

19 July 2006

Bruxelas, Bélgica, 19 Jul – O investimento directo estrangeiro em Portugal subiu de 1,9 para 2,6 mil milhões de euros de 2004 para 2005, com os capitais europeus a compensar o desinvestimento feito pelo resto do mundo, de acordo com dados publicados terça-feira pelo Eurostat.

O organismo responsável pelas estatísticas europeias detectou ainda uma diminuição acentuada do investimento directo de Portugal no estrangeiro, de 6,4 mil milhões de euros em 2004 para mil milhões no ano passado.

Os parceiros da União Europeia foram os principais responsáveis do fluxo de investimentos directos estrangeiros (IDE) em Portugal no ano passado com 3,0 mil milhões de euros com os restantes países, principalmente os Estados Unidos, a desinvestir 0,4 mil milhões.

O IDE português foi de 1,7 mil milhões de euros nos parceiros comunitários (5,4 mil milhões em 2004) e o país desinvestiu 0,7 milhões do resto do mundo (mil milhões).

O Reino Unido, França e Luxemburgo são os principais “actores” do fluxo de IDE em países terceiros e a Holanda e, novamente, o Reino Unido os principais beneficiários do IDE intra-comunitário. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH