Investidores preferem Angola entre países de língua portuguesa mas doadores escolhem Moçambique

24 July 2006

Lisboa, Portugal, 24 Jul – Os investidores internacionais preferem Angola, entre os países africanos de língua portuguesa, para os seus projectos, mas Moçambique é o país que mais ajuda internacional recebe, revela o último relatório do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

Em 2004, Angola captou cerca de um quinto do investimento directo estrangeiro (IDE) dirigido a um grupo de 50 países menos desenvolvidos (PMD) analisados no relatório do Programa, perto de 2,1 mil milhões de dólares, num total de 10,7 mil milhões de dólares.

Beneficiando principalmente do investimento na produção de petróleo, Angola lidera este grupo de meia centena de países desde 2000 e em 2003 o IDE captado atingiu mesmo os 30 por cento do total.

Moçambique, por seu lado, é o terceiro principal destino na ajuda ao desenvolvimento, tendo recebido 1,286 mil milhões de dólares em 2004.

Nesta tabela, Angola surge na 12ª posição, com 531 milhões de dólares.

Na ajuda per capita São Tomé e Príncipe surge em primeiro lugar, com 233 dólares por habitante, de acordo com o PNUD.

Angola e Moçambique foram os dois únicos países da África de Língua Portuguesa cujas economias cresceram acima da média da meia centena de países avaliados.

Em 2004, a economia angolana cresceu 11,2 por cento, novamente graças ao crescimento do sector petrolífero, e a de Moçambique 7,8 por cento.

Entre 2000 e 2004, contudo, a média moçambicana (6,3 por cento) é superior à angolana (5,1 por cento).

Cabo Verde regista uma média, para os mesmos quatro anos, de 2,3 por cento, e em 2004 ficou ligeiramente abaixo da média dos 50 PMD, com um crescimento de 5,5 por cento.

São Tomé e Guiné-Bissau surgem a meio da tabela no mesmo ano, respectivamente com 4,5 por cento e 4,3 por cento, mas a média do conjunto dos anos em análise é negativa.

Timor-Leste apresenta uma média negativa de 5,7 por cento desde 2000, mas em 2004 conseguiu crescer 1,8 por cento. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH