Angola tem uma das economias com maior crescimento no mundo, afirma ministro das Finanças

28 July 2006

Luanda, Angola, 28 Jul – O ministro angolano das Finanças, José Pedro de Morais, afirmou quinta-feira, em Luanda, que o país possui uma das economias com maior crescimento no mundo, com uma taxa projectada para 2006 de 20,6 por cento, com base nos aumentos da produção do petróleo e na recuperação do sector não-petrolífero.

Falando durante uma conferência sob o tema “Financiamento no Mercado Interno”, afirmou que no sector não-petrolífero a produção agrícola tem melhorado, graças aos progressos na desminagem, introdução de sistemas de irrigação e a reinserção social das populações deslocadas.

Acrescentou que o sector da construção está a conhecer ritmos de crescimento mais elevados em toda a história do país, graças aos numerosos projectos públicos e privados que estão a ser postos em prática em todas as províncias.

O ministro fez saber que, nos últimos três anos, a economia cresceu em média 12, 5 por cento ao ano e, como resultado, o rendimento por habitante está agora estimado em cerca de dois mil dólares, o que coloca Angola no grupo dos países de rendimento médio.

De acordo com José Pedro de Morais, as contas do Governo têm melhorado significativamente, tendo em 2005 a posição fiscal registado um excedente de 8,5 por cento do Produto Interno Bruto (PIB), comparativamente ao de 1,1 por cento de 2004.

Afirmou que as despesas sociais voltaram a aumentar em 2005, passando a representar 29 por cento do total de gastos, comparado aos 18 por cento de 2004.

A conferência foi organizada pela Câmara de Comércio Portugal/Angola e patrocinada pelo Banco Espírito Santo Angola. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH