23ª edição da Feira Internacional de Luanda com balanço positivo

31 July 2006

Luanda, Angola, 31 Jul – A 23ª edição da Feira Internacional de Luanda teve um um balanço positivo, afirmou domingo Matos Cardoso, administrador judicial da Expo-Angola, informou a agência noticiosa angolana Angop.

Em conferência de imprensa no termo da feira, Matos Cardoso disse que os dados recolhidos durante os cinco dias de exposição indicam ter havido uma satisfação na ordem de 89 por cento, apesar das dificuldades financeiras que puseram em perigo a realização da Filda 2006.

O evento registou vários constrangimentos, sobretudo na climatização dos pavilhões, electricidade, água e no espaço, que se revelou insuficiente para albergar mais expositores, questão que a Expo-Angola pretende resolver com a construção de um novo parque de feiras.

De acordo com Matos Cardoso, o bloqueio das contas da empresa, por decisão judicial, devido a uma acção cautelar intentada pela Associação Industrial de Angola (AIA), levou a que a Expo-Angola revisse o orçamento inicialmente previsto, calculado em 900 mil dólares.

Na óptica do responsável, as actuais instalações da Filda não reúnem condições para albergar eventos da grandeza da Filda, havendo necessidade de se edificar um outro espaço, anunciando, entretanto, a realização, em Novembro próximo, de uma feira imobiliária.

Melhor organizada, o público e os expositores realçaram as inovações introduzidas este ano, como o aumento do espaço de exposição de 24 mil para 26 mil metros quadrados de área coberta e o reforço da rede de restaurantes.

Aberta quarta-feira pelo ministro da Indústria, Joaquim David, a feira reuniu 657 expositores (340 nacionais e 317 estrangeiros) das telecomunicações, bancos, indústria, bebidas, alimentação, petróleos, construção civil, maquinarias, automóvel, tecnologias de informação, seguros, imobiliário, vestuário e calçado.

Nas distinções, a Transportadora Aérea de Angola (TAAG) recebeu três leões de ouro nas categorias de áreas de Serviço, Agência de Viagens e Transportes. O pavilhão da British Petroleum (BP) foi considerado o melhor do evento.

A Espanha foi considerada a melhor representação estrangeira, Portugal arrebatou o prémio na categoria de países, enquanto a Alemanha viu-se distinguida na condição de país revelação. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH