Turismo cabo-verdiano cresceu 25 por cento ao ano desde 2000

1 August 2006

Cidade da Praia, Cabo Verde, 01 Ago – O número de turistas a visitar Cabo Verde cresceu 25 por cento ao ano entre 2000 e 2005, reforçando o contributo do sector do turismo para o crescimento da economia do arquipélago.

No ano passado, a contribuição do turismo para o produto interno bruto (PIB) do arquipélago foi de 10,4 por cento, mais 3,4 pontos percentuais do que o registado em 2000, de acordo com um relatório sobre o sector, apresentado no final da semana passada no Parlamento pelo governo.

Em 2005, o arquipélago recebeu 230 mil visitantes, quase quatro vezes mais do que os 67 mil registados em 2000.

De acordo com o governo, a subida dá ao país o estatuto de “destino turístico internacional”, e deverá manter-se nos próximos anos, tendo em conta os investimentos hoteleiros previstos.

Em 2005, o Sal registou quase 70 por cento do total das entradas de turistas, seguindo-se Santiago, que registou 14 por cento e São Vicente, com 8,4 por cento.

O número de camas no arquipélago deverá crescer para 31 mil nos próximos anos e o de quartos ascenderá a 16 mil, de acordo com as previsões do governo.

O crescimento da actividade turística deverá ainda permitir a criação de perto de 17 mil postos de trabalho directo.

“O efeito será muito maior, tendo em conta a capacidade do turismo na criação de emprego indirecto”, salienta o relatório.

O imobiliário turístico, em particular a promoção de casas de férias para europeus, constitui “um novo tipo de turismo a despontar no arquipélago”, refere.

O turismo é actualmente a principal fonte de investimento directo estrangeiro em Cabo Verde, tendo como origem Itália, com mais de 141 milhões de dólares em investimento directo externo aprovado no período 2000-05, Espanha (116 milhões) e Portugal, com 46 milhões de dólares.

Recentemente, o empresário de Macau Macau David Chau anunciou um investimento de 100 milhões de dólares num empreendimento na Praia, que inclui casino, hotel e restaurantes. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH