Confiança das empresas em Portugal melhora em Julho para máximo de 21 meses

3 August 2006

Lisboa, Portugal, 03 Ago – A confiança das empresas portuguesas melhorou em Julho, com o indicador de clima a subir para um máximo de 21 meses, anunciou quarta-feira em Lisboa o Instituto Nacional de Estatística (INE).

O Inquérito de Conjuntura a Empresas e Consumidores mostra que o indicador de clima empresarial subiu de 0,0 pontos em Junho para 0,2 pontos em Julho, o valor mais elevado desde Outubro de 2004.

Para a melhoria do indicador contribuiu o avanço na indústria transformadora e nos serviços, já que nos segmentos da construção e obras públicas e do comércio se assistiu a uma deterioração dos indicadores de confiança.

Na indústria, manteve-se a tendência de recuperação, com a confiança a aumentar para um máximo desde Outubro de 2004, ainda que continue a apresentar valores negativos (menos 7,6 pontos).

Por seu turno, a confiança dos consumidores portugueses também melhorou em Julho, retomando a tendência de recuperação iniciada em Fevereiro.

O Inquérito revela uma subida do indicador de confiança dos consumidores para menos 35,8 pontos, depois de ter sido de menos 36,2 pontos em Junho.

Para a melhoria da confiança dos consumidores contribuiu a evolução menos negativa das perspectivas para a situação económica do país e para a capacidade de poupar dinheiro. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH