Inflação em Cabo Verde baixa com descida de preços de energia e alimentos e bebidas

7 August 2006

Cidade da Praia, Cabo Verde, 07 Ago – A inflação em Cabo Verde baixou em Junho, face ao mês anterior, interrompendo uma série de subidas que durava desde Dezembro do ano passado, devido à descida dos preços de alimentos e bebidas.

Segundo o Instituto Nacional de Estatística de Cabo Verde, em Junho a inflação homóloga fixou-se em 7,0 por cento, 0,4 pontos percentuais abaixo da registada em Maio.

A contribuir para esta tendência estiveram as categorias de alimentos e bebidas, cuja taxa recuou de 10,0 por cento para 8,2 por cento, e a de vestuário e calçados, que apresenta uma taxa negativa desde o ano passado, tendo em Junho fixado-se em menos 5,8 por cento.

Todas as outras categorias registaram aumentos, em particular a de transportes e telecomunicações, que subiu 2,6 pontos percentuais, para 11,1 por cento.

A inflação “core” aumentou de 2,8 por cento para 3,4 por cento, com a maior subida a registar-se nos serviços.

O principal contributo para a inflação registada continua a ser dado pela componente de bens industriais energéticos, que em Junho estava nos 12,6 por cento, 1,0 pontos percentuais acima de Maio.

A outra componente “não-core”, bens alimentares não-transformados, também registou acréscimo de preços, de 4,8 por cento, para 5,7 por cento, revelam os dados do INE. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH