Kuwait poderá vir a financiar obras públicas em Timor-Leste

7 August 2006

Díli, Timor-Leste, 07 Ago – O primeiro-ministro timorense Ramos Horta regressa hoje a Díli depois de uma visita oficial ao Kuwait, país que poderá vir a financiar grandes obras públicas em Timor-Leste num montante estimado em 500 a 600 milhões de dólares.

De acordo com José Ramos-Horta, que partiu na noite de sexta-feira para o Kuwait, entre as obras públicas previstas figuram estradas, pontes, portos e aeroportos.

“Quero iniciar já o processo de negociações com o Fundo de Desenvolvimento do Kuwait para a construção de grandes projectos de estradas, pontes, portos e aeroportos de Timor-Leste”, disse Ramos-Horta à agência noticiosa portuguesa Lusa.

“Para um projecto desta magnitude, a realizar ao longo de vários anos, a verba envolvida é da ordem dos 500 milhões a 600 milhões de dólares ou mais. Aguardamos um estudo preliminar feito por uma empresa da Índia, pago pelo Kuwait”, acrescentou.

O primeiro-ministro levou consigo nesta visita os ministros das Obras Públicas e dos Recursos Naturais, Minerais e Política Energética, Odete Victor e José Teixeira, respectivamente.

Trata-se da segunda visita em dois anos de Ramos-Horta ao Kuwait, país onde se deslocou em 2004 em representação do anterior chefe de governo timorense Mari Alkatiri. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH