Namíbia quer voltar a analisar com Angola central hidroeléctrica no rio Cunene

8 August 2006

Windhoek, Namíbia, 08 Ago – Namíbia e Angola decidiram voltar a analisar o projecto de construção da central hidroeléctrica no rio Cunene, que é partilhado pelos dois países, afirmou em Windhoek o principal conselheiro técnico da eléctrica da Namíbia, NamPower, Reiner Jagau.

De acordo com o “site” African Echo, Jagau adiantou que o projecto, a ser conhecido como a Central Hidroeléctrica Baynes, será co-financiado pela estatal NamPower e pela sua congénere angolana.

Os técnicos dos dois países pretendem igualmente analisar tanto os relatórios antigos como alguns que vão ser realizados a fim de ajuizar da viabilidade do projecto podendo a capacidade da central ser alterada face ao que foi originalmente pensado nos anos 90, quando a central começou a ser discutida.

Jagau disse ainda que caso a construção avance, a capacidade da barragem deverá aumentar relativamente aos 360 Mw inicialmente previstos no estudo de viabilidade económica, tendo em atenção o aumento da procura por energia eléctrica.

Tendo por base os estudos de 1998, a central teria um custo de 266 milhões de dólares mas este número deverá subir substancialmente quando forem realizados estudos de viabilidade actuais.

O governo da Namíbia já nomeou uma equipa técnica para acompanhar o projecto liderada pelo secretário permanente do Ministério das Minas e Energia, Joseph Iita. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH