Ponte sobre o rio Rovuma ficará concluída em Outubro de 2008

10 August 2006

Maputo, Moçambique, 10 Ago – A ponte sobre o rio Rovuma, que ligará Moçambique à Tanzânia, ficará concluída em Outubro de 2008, um mês antes do estipulado no contrato de empreitada, garantiu quarta-feira em Maputo um responsável da empresa China Geo Engineering Corp.

Por ocasião da apresentação do projecto da obra, aquele responsável adiantou que o processo de mobilização de equipamento está praticamente concluído e vai avançar-se, dentro dos próximos dias, para as obras de facto.

Disse ainda que o equipamento principal para as obras já foi mobilizado, nomeadamente 140 toneladas de barras de aço e 300 de cimento, assim como 75 mil litros de combustível.

Abdurremane Lino de Almeida, responsável pela autoridade competente da parte moçambicana para a construção da ponte, referiu que a construção começará no território tanzaniano, onde também já foram efectuados estudos geológicos para determinar o terreno onde vai assentar a infra-estrutura.

Além da ponte, serão construídos 10 quilómetros de estrada, nos dois países, devendo suportar automóveis de três eixos e com carga de cerca de 650 toneladas, indicou o responsável.

A obra terá 720 metros de comprimento e 13,4 metros de largura, com duas faixas de rodagem e duas bermas de 1,5 metros cada, para motociclos, bicicletas e dois passeios de 1,5 metros destinados a peões.

Abdurremane de Almeida adiantou que os governos dos dois países decidiram custear o empreendimento, uma vez que os parceiros internacionais não se mostraram interessados em financiar a obra.

Dados actualizados divulgados por Abdurremane indicam que a obra, também chamada Ponte da Unidade e que vai ligar Negomano, em Moçambique, e Mtambaswala, na Tanzânia, vai custar mais de 24,6 milhões de dólares.

A ponte sobre o rio Rovuma foi projectada pelos ex-Presidentes moçambicano, Samora Machel, e tanzaniano, Julius Nyerere, após a independência de Moçambique, em 1975.

O início da obra foi adiado devido à guerra civil entre a Frelimo, no poder, e a Renamo, antigo movimento rebelde, que terminou em 1992. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH