Posto de acesso turístico de Giriyondo marca a unificação dos parques Limpopo, Kruger e Gonarezhou

14 August 2006

Maputo, Moçambique, 14 Agosto – Os presidentes de Moçambique, África do Sul e Zimbabwe deverão inaugurar esta semana o posto de acesso turístico de Giriyondo, aquela que é a primeira infra-estrutura de unificação entre os parques naturais do Limpopo, Kruger e Gonarezhou, noticiou o jornal moçambicano Savana.

Situado na fronteira entre os parques nacionais do Limpopo e Kruger, o posto de acesso turístico de Giriyondo é constituído por dois edifícios de estrutura e arquitectura similares, cujas obras ascenderam a cerca de um milhão e meio de dólares.

Outras infra-estrututas estão previstas no âmbito da criação deste parque transfronteiriço, cuja criação foi acordada pelos governos moçambicano, sul-africano e do Zimbabwe em 2002.

Entre estes projectos destaca-se a construção de uma ponte sobre o rio Limpopo, que permita a ligação entre o Parque Nacional Kruger, na África do Sul, e o Parque Nacional Gonarezhou no Zimbabwe.

Cada um destes países tem desenvolvido esforços individuais no âmbito do acordo de unificação dos parques.

De acordo com o calendário desenvolvido pelas autoridades moçambicanas, até Setembro deverá estar seleccionada a empresa responsável pela construção das infra-estruturas de alojamento para turistas em Chinhangane e Banga. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH