Economia moçambicana cresceu 10 por cento no primeiro semestre

21 August 2006

Maputo, Moçambique, 21 de Agosto – A primeira-ministra de Moçambique, Luísa Diogo, divulgou, num encontro com jornalistas, estimativas que apontam para um crescimento de 10 por cento da economia moçambicana no primeiro semestre do ano, registando-se variações positivas em todos os sectores de actividade.

Luísa Diogo revelou ainda que a receita fiscal cresceu 14 por cento, para 11 mil milhões de meticais (aproximadamente 342 mil euros), que foram absorvidos pela despesa pública.

Esta ascendeu a 18,7 mil milhões de meticais (582 mil euros), que traduzem um défice de aproximadamente sete mil milhões de meticais (cerca de 218 mil euros), explicou a ministra, citada pelo jornal Notícias.

A inflação acumulada foi de 4,6 por cento e a primeira-ministra garantiu que o executivo está a desenvolver esforços para que se situe abaixo dos sete por cento até final do ano.

A governante destacou ainda o contexto adverso em que se registou o crescimento moçambicano, atendendo a factores como a subida dos preços do petróleo e a ameaça permanente da gripe das aves, sublinhando que a estabilidade política permitiu a evolução favorável da economia.

Luísa Diogo apontou como prioridade do governo o desenvolvimento da agricultura e a necessidade de ganhos de produtividade neste sector. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH