Espanha financia com 200 mil euros limpeza do porto comercial de Bissau

21 August 2006

Bissau, Guiné-Bissau, 21 Ago – O governo espanhol, através do Porto de Las Palmas, vai financiar, com 200 mil euros, os trabalhos de limpeza do porto comercial de Bissau, retirando 11 dos 14 navios afundados no local, anunciou sexta-feira em Bissau a administração dos portos.

Carlos da Silva, director comercial da Administração dos Portos da Guiné-Bissau, afirmou que o compromisso foi recentemente assumido entre as partes no âmbito de uma visita a Bissau de uma delegação do Porto de Las Palmas.

Devido à alegada dificuldade económica várias embarcações de pesca ou de transporte de pessoas e mercadorias avariadas acabaram afundadas no porto marítimo de Bissau, transformando o local num cemitério de navios.

O facto tem mesmo impossibilitado a atracagem de navios de grande porte no cais do porto de Pindjiguiti, alegadamente também em avançado estado de assoreamento.

O responsável da empresa que gere todos os portos comerciais guineenses referiu ainda que a sua instituição está em negociações com o Projecto de Reabilitação e Desenvolvimento do Sector Privado, do Banco Mundial, para que sejam realizadas varias acções de recuperação no porto de Bissau.

Dragagem, estudo do impacto ambiental e reabilitação do sistema de sinalização marítima, são entre outras, as acções que a APGB espera ver resolvidas com os fundos que poderão ser desembolsados pelo Banco Mundial a breve trecho. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH