Governo de Macau quer triplicar até 2007 voos directos a partir de Pequim

1 September 2006

Pequim, China, 01 Set – O governo de Macau quer triplicar os voos directos a partir de Pequim até ao final de 2007, para atrair mais turistas chineses, afirmou quinta-feira em Pequim o director dos Serviços de Turismo de Macau.

O objectivo de Macau foi anunciado no mesmo dia em que a Hainan Airlines, a quarta maior companhia de aviação chinesa, divulgou que a partir de 29 de Outubro vai iniciar um voo directo diário entre Pequim e Macau, um serviço que até agora assegurado apenas pela Air Macau, a companhia da Regiâo Administrativa de Macau.

Costa Antunes adiantou ser também importante assegurar ligações mais regulares para Macau a partir das cidades que, tal como Pequim, emitem vistos individuais de saída aos seus habitantes, tornando-se assim em mercados turísticos mais apetecíveis.

O gabinete do secretário para os Assuntos Sociais e Cultura da Região Administrativa Especial de Macau e a Direcção dos Serviços de Turismo de Macau organizam, entre 01 e 06 de Setembro a “Semana de Macau em Pequim, para dar a conhecer a iniciativa “2006 Ano do Património Mundial de Macau”, divulgar o turismo do território junto dos habitantes da capital chinesa e atrair mais turistas do continente chinês.

A promoção turística de Macau decorre na Wangfujing, a mais antiga e movimentada rua comercial de Pequim, onde foram instalados pavilhões dedicados ao turismo cultural de Macau, à gastronomia, mostra de produtos turísticos e projectos futuros.

Na mesma rua decorrerão também as actividades da “Semana de Macau em Pequim”, incluindo a cerimónia de abertura e o espectáculo inaugural, que serão transmitidos pela televisão chinesa , além de concertos musicais e da exibições de modelos dos monumentos turísticos da herança histórica de Macau.

Macau recebeu 12,2 milhões de visitantes nos primeiros sete meses de 2006, com os turistas da China Continental a representar 55,4 por cento do total. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH