Ministro angolano Aguinaldo Jaime defende aumento da linha de crédito brasileira

6 September 2006

Luanda, Angola, 06 Set – O ministro-adjunto do primeiro-ministro angolano, Aguinaldo Jaime, defendeu terça-feira, em Luanda, o aumento da linha de crédito do Brasil para Angola, considerando que permitiria reforçar a cooperação entre os dois países.

“A linha de crédito estabelecida entre o Banco Nacional de Angola e o Banco do Brasil tem sido um instrumento fundamental para viabilizar a realização de projectos que permitem modernizar a nossa economia e recuperar as nossas infra-estruturas”, afirmou Aguinaldo Jaime, que discursava num seminário sobre as relações entre os dois países.

Em Maio de 2005, durante a visita do presidente angolano, José Eduardo dos Santos, ao Brasil, foi assinada a concessão de uma linha de crédito de 580 milhões de dólares, a disponibilizar em três tranches anuais até 2007.

As exportações brasileiras para Angola têm vindo a registar um aumento, totalizando cerca de 520 milhões de dólares em 2005.

Nos primeiros sete meses deste ano, ascendiam a 416 milhões de dólares, de acordo com os dados oficiais mais recentes.

O seminário sobre as relações entre Angola e o Brasil, que decorreu em Luanda, está integrado na III Semana do Brasil, uma iniciativa da Associação de Empresários e Executivos Brasileiros em Angola (AEBRAN) destinada a assinalar o aniversário da independência do Brasil, que se comemora quinta-feira. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH