Pólo industrial da Catumbela deverá iniciar segunda fase de loteamento a empresas no princípio de 2007

8 September 2006

Luanda, Angola, 08 Set – O pólo de desenvolvimento industrial da Catumbela deverá iniciar no primeiro trimestre de 2007 a segunda fase de loteamento de terrenos destinados à indústria alimentar, sector da construção civil, mobiliário e calçado, noticiou a Angop.

A agência noticiosa de Angola cita o coordenador da comissão de gestão do empreendimento, Lourenço Esteves, que garantiu ter recebido demonstrações de interesse de diversas empresas para investir na região, que tem tradição industrial e acessos que permitem o escoamento dos produtos, seja através do porto Lobito, do aeroporto da Catumbela, ou das vias de acesso rodoviário e ferroviário.

A primeira fase do loteamento estabeleceu a divisão dos terrenos em lotes de 5 mil metros quadrados, conhecidas por grandes manchas, sendo 70 lotes para armazém, 74 para a indústria ligeira de pequena dimensão, 32 para indústria ligeira de média dimensão e 52 lotes para a indústria ligeira de grande dimensão.

O Pólo, que é tutelado pelo Ministério da Indústria, tem uma área total de 2200 hectares.

O parque industrial conta como 44 empresas da indústria ligeira (como têxteis, confecções, curtumes, calçados, tabaco, electrónica, construção), mas apenas cinco estão em actividade.

Para a concessão de incentivos e benefícios fiscais aos industriais que invistam no pólo são privilegiados os projectos nas áreas da produção agro-pecuária, fabricação de embalagens, máquinas e equipamentos, indústria têxtil, vestuário e calçado, indústria de madeira e pasta de papel, bens alimentares, materiais de construção civil, saúde, educação e telecomunicações.

Caso os investimentos se situem entre 50 mil e 250 mil dólares, os empresários beneficiarão de um período de oito anos de isenção de obrigações fiscais e direitos aduaneiros. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH