Angola escolhe português para coordenar criação de entidade reguladora do mercado de capitais

11 September 2006

Lisboa, Portugal, 11 Set – O ex-presidente da entidade reguladora do mercado de capitais português, Costa Lima, foi escolhido pelas autoridades angolanas para coordenar a criação do organismo congénere do país africano, noticiou o semanário Expresso.

A Bolsa de Valores Angolana, formalmente constituída em Março, deverá entrar em funcionamento no terceiro trimestre deste ano, com cerca de uma dezena de empresas cotadas, segundo previsões oficiais.

O organismo terá um capital inicial de 16 milhões de dólares e 27 subscritores, entre os quais o Banco de Fomento Angola e o Banco Internacional de Crédito.

Participam ainda a Empresa Nacional de Seguros de Angola, o Fundo de Desenvolvimento Económico e Social e o Banco de Poupança e Crédito.

Fernando da Costa Lima foi o primeiro presidente da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários portuguesa e esteve até há pouco tempo à frente da Agência Portuguesa para o Investimento (API). (macauhub)

MACAUHUB FRENCH