Dívida total dos PALOP a Portugal cresceu 1 por cento em 2005

13 September 2006

Lisboa, Portugal, 13 Set – A dívida oficial dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) a Portugal cresceu 1 por cento em 2005, para 1352 milhões de dólares, de acordo com dados divulgados pelo Banco de Portugal.

No estudo sobre a evolução das economias dos PALOP e de Timor- Leste em 2005 e 2006, o Banco de Portugal refere que o crescimento da dívida “retoma a trajectória ascendente interrompida em 2004 pela diminuição que resultou do acordo de reescalonamento da dívida então celebrado entre Angola e Portugal”.

O aumento da dívida oficial de Cabo Verde a Portugal é o grande responsável por esta evolução, devido a um crescimento de 28,9 por cento, para 131 milhões de dólares, que representam 9,7 por cento da dívida total.

Angola é responsável por mais de metade da dívida dos PALOP a Portugal, tendo sido contabilizada uma dívida oficial de 699 milhões de dólares no final de 2005, o que representa 51,7 por cento do total.

No entanto, o Banco de Portugal nota que “a dívida oficial de Angola a Portugal denotou nova descida em 2005, com o pagamento de parte da dívida vincenda de médio e longo prazos garantida pelo Estado e do remanescente de atrasados, diminuindo 4 milhões de dólares no total”.

A dívida oficial de Moçambique ascendia a 386 milhões de dólares (28,6 por cento do total), a da Guiné-Bissau de 102 milhões de dólares (7,5 por cento) e a de São Tomé e Príncipe de 34 milhões de dólares (2,5 por cento). (macauhub)

MACAUHUB FRENCH