Primeira-ministra moçambicana é mulher de língua portuguesa mais poderosa do mundo, Forbes

21 September 2006

Nova Iorque, Estados Unidos, 21 Set – A primeira-ministra moçambicana, Luísa Diogo, é a mulher de língua portuguesa mais poderosa do mundo para a revista norte-americana Forbes e a única que surge na lista das 100 mais influentes.

No “ranking” recentemente divulgado, Luísa Diogo, 48 anos de idade, surge na 83ª posição, cotando-se entre as 100 principais pelo terceiro ano consecutivo, distinguindo-se pelo seu papel na defesa dos interesses dos países africanos.

A primeira-ministra, afirma a Forbes, “tornou-se cada vez mais notada ao intimar os países riscos a agir, por não cumprirem com promessas de ajudas, comércio e alívio da dívida a África”.

De acordo com a Forbes, Diogo “pode estar actualmente a posicionar-se para uma candidatura à presidência em 2009”.

A revista salienta que, contudo, a imagem da primeira-ministra foi afectada por notícias de ilicitudes nos negócios imobiliários do seu filho.

“Apesar da mancha, Luísa Diogo tem merecido aclamação por ajudar à recuperação de um dos países mais pobres do mundo”, Moçambique, considera a revista.

O “ranking” é este ano liderado pela chanceler alemã, Angela Merkel, seguida pela secretária de Estado norte-americana, Condoleeza Rice.

A lista integra mais duas mulheres africanas – a presidente da Libéria, Ellen Johnson-Sirleaf (51ª), e a ministra dos Negócios Estrangeiros nigeriana, Ngozi Okonjo-Iweala (62ª). (macauhub)

MACAUHUB FRENCH