Portugal e a China criam centro de distribuição de produtos portugueses em Macau

22 September 2006

Macau, China, 22 Set – Associações empresariais e grupos financeiros de Portugal, Macau e China assinam sábado em Macau um acordo multilateral que irá permitir a criação de um centro de distribuição de produtos portugueses na China.

O centro poderá ter a sua base logística no Parque Industrial Transfronteiriço construído entre Macau e o continente chinês e o investimento global do projecto deverá rondar cinco milhões de euros.

Gerido pela sociedade comercial Nam Kwong, um grupo estatal chinês, o futuro centro deverá ter definido até ao final do ano o seu projecto de actuação bem como identificados todos os accionistas – portugueses, chineses e de Macau – da sociedade proprietária do Centro.

Além da base logística, o centro terá delegações em Macau e no grande Delta do Rio das Pérolas, que congrega nove províncias do Sul do continente chinês e as duas Regiões Administrativas Especiais de Macau e Hong Kong e noutras cidades chinesas como Xangai.

O acordo que permitirá a criação do centro será assinado por responsáveis da Nam Kwong, do organismo português de promoção do comércio externo ICEP, das associações Empresarial de Portugal e Industrial de Portugal, do banco Millenium Bcp e do grupo Espírito Santo.

O acordo, que será assinado ao final da manhã, é antecedido pela abertura do “Portuguese Business Center”, um centro de negócios promovido pelo ICEP e que ficará instalado na sede do Instituto de Promoção do Comércio e de Investimento (IPIM) para apoiar os empresários portugueses que se desloquem a Macau.

Além do centro de negócios, o ICEP irá ainda assinar com o seu congénere da província continental chinesa de Guangdong (CCPIT) um protocolo de cooperação com “vista ao desenvolvimento de actividades recíprocas de promoção económica e comercial em Portugal e na província de Guangdong”, considerada o motor industrial da economia chinesa. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH