Cinco grandes hotéis vão ser construídos em Luanda até 2010, afirma ministro

25 September 2006

Luanda, Angola, 25 Set – Cinco grandes hotéis vão ser construídos em Luanda até 2010, afirmou sexta-feira o ministro angolano da Hotelaria e Turismo, Eduardo Chingunji, acrescentando que as grandes cadeias internacionais têm manifestado interesse em instalar-se no país.

“Até 2010, teremos em Luanda mais cinco grandes hotéis e mais de três mil camas estarão disponíveis para satisfazer a procura dos visitantes”, afirmou o ministro, numa alusão ao ano em que Angola organiza o Campeonato Africano das Nações (CAN) em futebol.

Eduardo Chingunji, que falava numa conferência de imprensa por ocasião do Dia Mundial do Turismo, que se assinala a 27 de Setembro, salientou que algumas das principais cadeias internacionais de hotéis “manifestaram disponibilidade” para se instalarem em Angola.

Entre essas cadeias internacionais encontram-se a Sheraton, a Marriott, a Accor e a Sun International, de acordo com o ministro.

Em Angola existem actualmente 734 unidades hoteleiras, das quais apenas 130 são hotéis, estimando as autoridades do sector que existe um défice de cerca de três mil camas só em Luanda.

Por essa razão, os principais hotéis de Luanda estão permanentemente com lotação esgotada, sendo extremamente difícil encontrar um quarto disponível sem fazer uma reserva com muita antecedência.

No encontro com os jornalistas, Eduardo Chingunji manifestou a convicção de que Angola será “um destino turístico por excelência dentro de três anos” devido às potencialidades do país, salientando que estão em curso conversações com o Ministério do Interior para desburocratizar a emissão de vistos para os turistas.

Os dados oficiais indicam que a actividade turística em Angola gerou receitas de 104,2 milhões de dólares em 2005, período em que entraram no país cerca de 210 mil estrangeiros com visto de turismo, fundamentalmente de Portugal, África do Sul, França e Brasil. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH