Pequim optimista sobre cooperação económica com países de língua portuguesa

27 September 2006

Pequim, China, 27 Set – A China atribui importância à cooperação económica com os países de língua portuguesa, afirmou terça-feira em Pequim Qin Gang, porta-voz do ministério chinês dos Negócios Estrangeiros, um dia após o encerramento de mais uma reunião do Fórum (Macau).

“Estamos muito optimistas e encaramos de forma positiva a cooperação entre os dois lados e esperamos que os países em causa continuem a realizar esforços para esse fim”, adiantou o porta-voz, comentando os resultados do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Oficial Portuguesa (Macau), cuja reunião ministerial decorreu em Macau a 24 e 25 de Setembro.

Qin Gang considerou ainda que desde a transferência de soberania de Macau para a República Popular da China em 1999, a cooperação entre a China e os países de expressão portuguesa tem vindo a desenvolver-se.

“Macau tornou-se uma plataforma importante e eficiente para a cooperação entre a China e os países de expressão portuguesa,” referiu o responsável.

Qin Gang reiterou ainda o compromisso chinês de abrir uma linha de crédito de cerca de 800 milhões de yuans para desenvolvimento de infra-estruturas nos países de língua portuguesa em África e na Ásia, bem como o objectivo de duplicar o investimento bilateral até 2009 e atingir um volume de trocas comerciais entre os dois lados entre 40 e 50 mil milhões de dólares americanos.

Números oficiais divulgados em Macau indicam que as trocas comerciais entre a China e os países de língua portuguesa atingiram no primeiro semestre 11,067 mil milhões de dólares, mais 68 por cento do que no mesmo período do ano anterior.

Em 2005, o volume de negócios cresceu 27 por cento face a 2004 para 23,19 mil milhões de dólares americanos, ultrapassando pela primeira vez a barreira de 20 mil milhões de dólares.

Criado em 2003, o Fórum Macau, que tem como designação oficial Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau) é organizado pelo governo da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM) e engloba todos os países de língua oficial portuguesa à excepção de São Tomé e Príncipe, que não tem relações diplomáticas com Pequim. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH