Moçambique precisa de maior produção agrícola, vice-ministra da Agricultura

4 October 2006

Zandamela, Moçambique, 04 Out – A vice-ministra moçambicana da Agricultura, Catarina Pajume, disse terça-feira ser urgente que se encontrem formas adequadas para que os camponeses se lancem na exploração da terra como recurso importante no combate à pobreza.

Falando no posto administrativo de Zandamela, Pajume disse que um melhor aproveitamento dos recursos disponíveis, nomeadamente na produção agrícola, pode ajudar a acabar com aquilo a que apelidou de “hábito da mão estendida”, pedindo comida no estrangeiro enquanto o país possui um potencial em terra fértil e cursos de água que, melhor aproveitados podem ajudar a produzir para consumo interno e até para exportação.

Apenas dezasseis milhões dos mais de trinta e seis milhões de hectares de terra arável de que Moçambique dispõe estão actualmente a ser explorados na produção agrícola.

A vice-ministra da Agricultura que está de visita a regiões áridas da província de Inhambane, onde o espectro da fome é permanente, acrescentou que o Governo moçambicano está preparado para prestar todo o apoio necessário àqueles que se dedicam ao trabalho.

Neste contexto, Catarina Pajume assegurou que o apoio do Governo centra-se na disponibilização de técnicos para prestar assistência, sobretudo na disseminação das novas tecnologias de produção. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH