Corte de 10 milhões de euros na cooperação deve-se à situação orçamental de Portugal

20 October 2006

Lisboa, Portugal, 20 Out – As verbas para a cooperação portuguesa vão sofrer um corte de 10 milhões de euros em 2007 no âmbito das medidas que o governo está a adoptar para reduzir a despesa pública, afirmou quinta-feira em Lisboa o secretário de Estado da Cooperação.

De acordo com a proposta de lei do Orçamento de Estado para 2007, a cooperação terá uma verba de 81 milhões de euros contra 91,1 milhões este ano.

João Gomes Cravinho, em declarações à agência noticiosa portuguesa Lusa, disse que a nível de ajuda pública ao desenvolvimento estão orçamentados 34 milhões de euros sendo que mais de metade desta verba destina-se aos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa e a Timor-Leste.

Questionado sobre se Portugal conseguirá cumprir a meta estabelecida pela União Europeia de canalizar 0,51 por cento do Produto Interno Bruto para Ajuda Pública ao Desenvolvimento, Cravinho afirmou que ainda não é possível mas manifestou a esperança de que “em 2008 as notícias possam ser melhores em termos de cooperação”. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH