Britânicos da C3 querem plantar jatropa no Buzi, Sofala

24 October 2006

Maputo, Moçambique, 24 Out – A empresa britânica Climate Change Corporation (C3) está a trabalhar com os responsáveis do distrito moçambicano de Buzi, na província de Sofala, num projecto para produzir biocombustível.

O projecto terá uma primeira fase de plantação de mil hectares de jatropa com o director distrital da agricultura, Caetano Benedito, a afirmar que as áreas onde aquela árvore poderá ser plantada foram já identificadas.

A C3 fornecerá todo o equipamento necessário para o arranque do projecto e já assinou com os responsáveis do Buzi um acordo que estabelece os príncipios a serem seguidos pelos agricultores que pretendam participar.

A fim de aderir ao projecto, um agricultor tem de plantar pelo menos um hectare com jatropa e à guisa de demonstração a C3 plantou cerca de 1500 pés em diversas zonas do distrito.

A C3 fornecerá aos agricultores o pacote completo, incluíndo formação, e comprará a colheita total.

A jatropa é um dos melhores candidatos para a produção de biocombustível, uma vez que não necessita de muita água podendo ser plantada em áreas marginais.

A planta contem um óleo que pode ser misturado com a gasolina ou o gasóleo covencionais, uma alternativa ecológica aos combustíveis fósseis.

Quando puro, o óleo pode ser utilizado na alimentação, na iluminação ou na geração de energia eléctrica, sendo o bagaço utilizado como um adubo orgânico. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH