Primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe quer relações mais fortes com Angola

26 October 2006

Luanda, Angola, 26 Out – O primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe, Tomé Vera Cruz, considerou quarta-feira em Luanda “imperioso” o reforço das relações bilaterais com Angola em vários domínios, entre os quais a indústria petrolífera, para criar bases de parceria “fortes e sólidas”.

Na intervenção que proferiu na cerimónia de abertura das conversações entre delegações dos dois países, Tomé Vera Cruz citou como exemplos de sectores em que a cooperação bilateral pode ser reforçada as pescas, a agricultura e a indústria petrolífera, mas também a comunicação social, os transportes e a defesa, entre outros.

Nesse sentido, defendeu “a criação de mecanismos que permitam um maior envolvimento do sector privado empresarial” dos dois países nas acções de cooperação, salientando a importância do fomento da criação de empresas mistas.

“Apesar do grande esforço que temos dedicado ao desenvolvimento do país, o certo é que São Tomé e Príncipe continua a viver uma situação socioeconómica extremamente difícil, de que resulta a incapacidade de responder aos compromissos que visam criar melhores condições de vida e bem-estar para a população”, acrescentou.

Para inverter a situação, o primeiro-ministro são-tomense salientou as perspectivas “que se abrem para o desenvolvimento com a exploração dos recursos petrolíferos, a criação de zonas francas e o desenvolvimento do turismo”.

O primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe, que estará três dias em Angola, será recebido quinta-feira de manhã em audiência pelo presidente José Eduardo dos Santos. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH