Embaixador de Angola na China fala de possível ligação aérea entre as capitais

31 October 2006

Shenzhen, China, 31 Out – O embaixador de Angola na República Popular da China, João Manuel Bernardo, afirmou segunda-feira em Shenzhen, zona económica especial adjacente a Hong Kong, que existe a possibilidade de inaugurar uma ligação áerea directa entre Pequim e Luanda.

O diplomata adiantou que os dois países pretendem aprofundar a coooperação bilateral, indo os sectores dos transportes aéreos, pescas, telecomunicações e obras públicas ser privilegiados, por serem os de maior impacto junto das populações.

Em declarações à agência noticiosa angolana Angop, João Manuel Bernardo disse ainda que Angola pretende apoio da China na venda de equipamentos para aviação e na formação de quadros.

O primeiro-ministro de Angola, Fernando da Piedade Dias dos Santos, iniciou em Shenzhen uma visita oficial à China no decurso da qual representará o chefe de Estado angolano, José Eduardo dos Santos, na cimeira do Fórum para a Cooperação Sino-Africana, a decorrer de 4 a 6 de Novembro, em Pequim.

Fernando da Piedade Dias dos Santos faz-se acompanhar da ministra do Planeamento, Ana Dias Lourenço, dos Transportes, André Luís Brandão, das Pescas, Salomão Xirimbimbi, da Energia e Águas, Botelho de Vasconcelos, e do vice-ministro das Relações Exteriores, George Chicoty.

O primeiro-ministro, que regressa ao seu país a 3 de Novembro, visitará ainda Xangai e manterá encontros de alto nível com autoridades chinesas visando o reforço das relações político-diplomáticas e de cooperação bilateral.

Dados oficiais recentemente divulgados na capital chinesa indicam que Angola ultrapassou a África do Sul e tornou-se o maior parceiro comercial da China no continente africano, estimando-se que o comércio bilateral ultrapasse 7,9 mil milhões de euros até ao final deste ano.

No primeiro semestre deste ano, Angola foi o país que mais petróleo vendeu à China, com 94 milhões de barris, que representaram 18,2 por cento das importações petrolíferas chinesas naquele período. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH