Ilha da Xefina, em Maputo, com estância turística em 2010

31 October 2006

Maputo, Moçambique, 31 Out – O governo de Moçambique aprovou na semana passada um investimento de 300 milhões de dólares centrado na exploração turística da ilha da Xefina, na baía de Maputo, informou o jornal Notícias, de Maputo.

Além da construção de infra-estruturas turísticas na ilha, localizada na foz do rio Incomáti, o projecto inclui a construção de uma ponte para ligar a ilha ao continente.

O porta-voz do governo de Moçambique, Luís Covane, afirmou tratar-se de uma parceria entre empresas moçambicanas e sul-africanas que contribuirão com 45 e 55 por cento, respectivamente, do investimento anunciado.

Covane acrescentou que o projecto inclui a construção de hotéis, restaurantes, instalações desportivas e outras na ilha e e especificou que a ponte partirá da praia da Costa do Sol, nos arredores de Maputo.

A prisão existente na ilha, onde moçambicanos foram detidos pelas autoridades portuguesas, será transformada em museu.

Este projecto, acrescentou o porta-voz do governo, terá início em 2007 e ficará concluído em 2010, a tempo do Campeonato do Mundo em futebol a ter lugar na África do Sul, pretendendo os investidores atrair alguns dos turistas que assistirão aos jogos. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH