Moçambique compra medicamentos antimaláricos a empresa chinesa

7 November 2006

Pequim, China, 07 Nov – O governo de Moçambique vai comprar 4 milhões de doses de medicamentos antimaláricos à empresa chinesa Guilin Pharmaceutical, uma subsidiária do grupo Fosun Pharmaceuticals.

Yan Xiaohua, director-geral da empresa, afirmou à agência noticiosa chinesa Xinhua que os medicamentos serão vendidos a Moçambique a um preço muito favorável.

Este fim-de-semana, o presidente da China Hu Jintao afirmou que o país vai apoiar 30 hospitais em África e fornecer ajuda no montante de 300 milhões de yuan a fim de montar 30 centros antimaláricos nos próximos três anos.

O director-geral da Guilin Pharmaceutical disse ainda que, independentemente da encomenda de Moçambique, a empresa gostaria de participar nos futuros centros antimaláricos em África.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a malária mata 1 milhão de pessoas por ano, 80 por cento das quais na África sub-saariana. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH