Presidente da Guiné-Bissau agradece apoios ao país na mesa redonda de Genebra

10 November 2006

Bissau, Guiné-Bissau, 10 Nov – O presidente Bernardo “Nino” Vieira agradeceu a todos os países e organizações internacionais que ajudaram ou vão ajudar a Guiné-Bissau, ao disponibilizarem verbas para apoiar os esforços do país para sair da crise política e financeira.

Em declarações aos jornalistas, momentos após regressar a Bissau, depois de uma visita oficial à China, onde também participou na Cimeira Sino-Africana, João Bernardo “Nino” Vieira congratulou-se com os resultados obtidos na reunião de Genebra, em que o governo conseguiu dos doadores a promessa de financiamentos no valor de 262,5 milhões de dólares.

No valor global de 441 milhões de dólares, a Guiné-Bissau apresentou em Genebra dois projectos com vários objectivos, entre eles, a estabilização macroeconómica, saneamento das Finanças Públicas, garantias de cobertura do défice orçamental e a reforma e modernização das forças de defesa e segurança.

Quanto aos restantes 178,5 milhões de dólares, o governo de Bissau obteve promessas dos doadores, entre os quais Portugal, que contribuiu com 10 milhões de dólares, de que, se houver um bom desempenho, o dinheiro será disponibilizado ao longo de 2007.

O presidente da Guiné-Bissau, que iniciou em fins de Outubro último uma visita oficial à China, recebeu do governo de Pequim garantias de maiores apoios ao desenvolvimento, com destaque para a construção, em Bissau, de um hospital militar e um novo Palácio da Justiça, além de contribuir para a construção do Palácio do Governo em Bissau.

A China acordou também em construir uma barragem no rio Geba em Saltinho, a 200 quilómetros sudeste de Bissau, além de atribuir ao país 9 milhões de dólares para ajuda ao desenvolvimento. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH