Ritmo de crescimento do investimento estrangeiro na China aumenta em Outubro

16 November 2006

Pequim, China, 16 Nov – O investimento directo estrangeiro na China subiu em Outubro 15,92 por cento, para 5,99 mil milhões de dólares, arrastado pela abertura do sector bancário aos investidores estrangeiros, informou hoje o Ministério do Comércio chinês.

O aumento de 15,92 por cento no investimento directo estrangeiro (IDE) de Outubro de 2006, contra o mesmo mês do ano anterior, segue-se à ligeira subida homóloga de 2,72 por cento em Setembro.

Segundo o Ministério do Comércio, a causa mais provável para o súbito aumento do IDE foi a próxima abertura do sector bancário chinês aos bancos estrangeiros.

O IDE na China nos primeiros 10 meses do ano registou uma subida de 0,34 por cento em comparação com o período de Janeiro a Outubro de 2005, para 48,57 mil milhões de dólares, mas o valor entre Janeiro e Setembro tinha registado um declínio de 1,52 por cento.

O sistema bancário chinês vai abrir totalmente à concorrência internacional em 2007, em consequência da participação da China na Organização Mundial do Comércio.

A forma mais fácil de entrar no mercado, de acordo com os bancos internacionais, é a aquisição de participações nos maiores bancos chineses que, apesar de ainda necessitarem de reestruturação, beneficiam de extensas redes de balcões por todo o país e de uma marca conhecida, que lhes dá liderança no mercado da banca de consumo. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH