Cabo Verde e Holanda iniciam hoje em Haia reunião bi-anual de consulta bilateral

27 November 2006

Cidade da Praia, Cabo Verde, 27 Nov – A segunda reunião deste ano de consulta bilateral entre Cabo Verde e os Países Baixos começa hoje em Haia sob o signo de um novo paradigma de cooperação entre os dois países.

De acordo com uma fonte diplomática, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Victor Borges, vai analisar com o governo holandês a possibilidade de criação de um mecanismo, à semelhança do que já existe com Portugal, para «seguir e facilitar uma maior integração dos emigrantes cabo-verdianos».

Este encontro tem como pano de fundo a reorientação da cooperação holandesa que, de acordo com uma fonte diplomática, «deverá ser virada para apoiar a fase de transição de Cabo Verde para país de desenvolvimento médio nomeadamente através da construção de grandes infra-estruturas».

Outro dado sobre a mesa é a emigração cabo-verdiana que não constitui para a sociedade holandesa «um problema» nem religioso nem cultural ao contrário de outras nacionalidades.

Exactamente por isso, defende uma fonte diplomática, «os nossos emigrantes são um caso de sucesso de integração ainda que haja alguns problemas». É nessa perspectiva que Victor Borges vai propor ao governo holandês a criação de um mecanismo de acompanhamento da emigração semelhante ao que existe com Portugal.

As partes vão ainda analisar, entre outras questões, a aplicação da ajuda orçamental que se mantém, por enquanto até 2008, e o andamento dos projectos no quadro do segundo Programa Nacional do Ambiente financiado pela Holanda através do Banco Mundial. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH