Electricidade de Moçambique continua a investir na electrificação do país

28 November 2006

Quelimane, Moçambique, 28 Nov – A empresa pública Electricidade de Moçambique (EDM) vai investir 18,5 milhões de dólares na expansão da rede de energia eléctrica proveniente da hidroeléctrica de Cahora Bassa para os distritos de Gilé e Pebane, na Zambézia.

Falando na cidade de Quelimane, capital provincial da Zambézia, o presidente do Conselho de Administração da EDM, Manuel Cuambe, disse que o investimento a ser realizado poderá ajudar a relançar a economia da província uma vez devido à falta de energia muitos recursos naturais continuam por explorar.

Com a electrificação de Gilé e de Pebane, incluindo a capital provincial Quelimane, o número de distritos abastecidos com energia de Cahora Bassa aumentou, faltando apenas Chinde e Lugela.

Na mesma ocasião, na presença da primeira-ministra Luísa Diogo, Manuel Cuambe anunciou o lançamento em Quelimane o sistema de pré-pagamento de energia, conhecido por Credelec.

O projecto, que envolve um investimento de 32 milhões de meticais da nova família, vai abranger a totalidade dos 12 mil clientes da EDM em Quelimane.

O sistema, que cobre 150 mil famílias no país, representando 41 por cento do total dos clientes da empresa, foi lançado no ano de 1995, tendo sido já montados contadores deste tipo em algumas das principais cidades do país, casos de Maputo, Matola, Inhambane, Nampula e Lichinga. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH