Empresa pan-africana adquire 5 por cento do Bloco B, em Cabinda

28 November 2006

Luanda, Angola, 28 Nov – A empresa pan-africana Afren assinou um acordo para adquirir à Gulf Energy Resources 5 por cento da licença de exploração do Bloco B de Cabinda, Angola.

A licença de exploração cobra uma área de 1.125 quilómetros quadrados e tem por operador a Devon Energy, com 30 por cento, incluíndo os parceiros a espanhola Repsol, 25 por cento, angolana Sonangol, 20 por cento, e portuguesa Petrogal, 20 por cento.

Julien Balkany, director executivo da Names Delorme Capital, empresa que prestou aconselhamento financeiro à Afren neste negócio, disse que a aquisição é consistente com a decisão da Afren de expandir ainda mais a sua presença na África Ocidental.

A Afren, com sede em Londres, é uma empresa de exploração e produção de petróleo fundada em 2004 por uma equipa de gestão que incluía Rilwanu Lukman, antigo secretário-geral e presidente da OPEP.

Desde a oferta pública inicial, a Afren expandiu a sua actividade para cinco países africanos – Nigéria, São Tomé, Gabão, Congo e Angola – e espera estar a produzir 15 mil a 20 mil barris por dia em 2008. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH