Cabo Verde quer cooperação “mais forte” com a Europa – José Maria Neves

10 December 2006

Porto, Portugal, 11 Dez – Cabo Verde está interessado numa cooperação “mais forte” com a Europa em áreas como a segurança, o ambiente e o crescimento da competitividade da economia, disse quinta-feira na cidade do Porto o primeiro-ministro José Maria Neves.

Em declarações no âmbito da sua participação no VII Congresso do Partido Socialista Europeu, que decorreu até domingo no Porto, José Maria Neves referiu que o objectivo é transformar Cabo Verde num centro internacional de prestação de serviços.

“Um centro de prestação de serviços turísticos, financeiros, de transportes aéreos e marítimos. Um centro logístico para apoiar as pescas e os transportes naquela região do Atlântico”, explicou o primeiro-ministro cabo-verdiano.

De acordo com os dados do primeiro-ministro, o Produto Interno Bruto (PIB) cabo-verdiano vai crescer 6,5 a 7 por cento no próximo ano, a inflação será entre zero e um por cento e o défice público será de 2,5 por cento.

“Temos reservas externas que cobrem quase três meses e meio de importações”, frisou.

O Governo local espera que “a breve prazo” a balança de pagamentos seja equilibrada, com o contributo da prestação de serviços na área do turismo.

“As exportações estão a aumentar exponencialmente e portanto equilibrar ão brevemente a balança de pagamentos em Cabo Verde, mediante o desenvolvimento do país enquanto centro internacional de prestação de serviços”, estimou. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH