Edmundo Ho discute em Zhuhai cooperação no Delta do rio das Pérolas

10 December 2006

Macau, China, 11 Dez – O Chefe do Executivo de Macau, Edmund Ho, e o Governador da província de Guangdong, Huang Huahua, acordaram no aperfeiçoamento dos mecanismos de cooperação regional entre Guangdong, Macau e Hong Kong.

No decurso da primeira “Conferência Conjunta de Cooperação Guangdong-Macau 2006”, realizada em Zhuhai, durante dois dias, Edmund Ho anunciou que os mecanismos de cooperação “vão ser reforçados e desenvolvidos ainda mais no próximo ano (…) para aperfeiçoar e alargar o espaço de cooperação entre Macau e Guangdong”.

Durante a conferência, as duas delegações definiram projectos prioritários de cooperação no futuro próximo, nomeadamente no sector dos transportes e reordenamento viário, onde se destacam a construção da ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau, a ligação ferroviária de Zhuhai a Cantão e a possibilidade da sua ligação ao futuro metro ligeiro de Macau, o projecto do túnel subaquático para peões entre o Porto Interior e a zona da Lapa, em Zhuhai e o desenvolvimento da ilha de Hengqin (ilha da Montanha) frente a Macau.

Edmundo Ho participou igualmente na abertura oficial do Parque Industrial Transfronteiriço (PIT) Zhuhai-Macau e respectivos postos fronteiriços.

O Secretário para a Economia e Finanças de Macau, Francis Tam disse na altura que o governo de Macau espera que o PTI “possa contribuir para acumular experiência e mais cooperação com Guangdong e Zhuhai, bem como servir de plataforma de serviços para a cooperação entre Macau e outras províncias e cidades do Grande-Delta do Rio das Pérolas”.

A “Conferência Conjunta de Cooperação Guangdong-Macau 2006″ realizou-se nos dias 08 e 09 em Zhuhai, zona económica especial limítrofe a Macau.

O Delta do Rio das Pérolas engloba Hong Kong, Macau e parte da província de Guangdong (incluíndo 9 municípios, a saber Dongguan, Foshan, Guangzhou, Huizhou, Jiangmen, Shenzhen, Zhaoqing, Zhongshan e Zhuhai), região que em 1978 foi aberta pelo governo central da República Popular da China ao comércio e investimento estrangeiros.

O Delta do Rio das Pérolas apesar de estar localizado em apenas 0,5% do território chinês e possuir apenas 5% da população da China chama a si 20% do PIB do país.

A população do delta do rio das Pérolas hoje estimada em mais de 50 milhões deverá crescer para 75 milhões no espaço de uma década. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH