Brasileira Petrobras vai envolver-se em mais negócios na China

12 December 2006

São Paulo, Brasil, 13 Dez – A petrolífera brasileira Petrobras deverá envolver-se em novos negócios na China em 2007, afirmou em São Paulo o presidente da empresa, José Sérgio Gabrielli.

Citado pelo jornal Gazeta Mercantil, o presidente da Petrobras garantiu que a empresa que dirige vai olhar com muito mais atenção para o mercado chinês embora se tenha escusado a fornecer pormenores.

Na quinta-feira passada, o governo chinês pôs termo a um monopólio tendo autorizado que empresas estrangeiras comercializem petróleo bruto no país, a partir de 1 de Janeiro de 2007.

Essa decisão obrigará a PetroChina Co. (Sinopec) e outras produtoras locais a concorrer em pé de igualdade com as empresas estrangeiras que, de acordo com critérios anunciados pelo Ministério chinês do Comércio, de ter um capital social superior a 100 milhões de yuan, ser produtoras de petróleo ou ter a capacidade de importar pelo menos 500 mil toneladas de combustível por ano.

De acordo com dados da Agência Internacional de Energia, a China consumirá este ano 7,01 milhões de barris de petróleo por dia, mais 6,2 por cento do que em 2005. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH