Angola é o país africano de lingua portuguesa que mais vai crescer nos próximos anos

13 December 2006

Washington, Estados Unidos da América, 14 Dez – Angola vai ser o país africano de língua portuguesa que mais vai crescer nos próximos dois anos, com taxas de dois dígitos, de acordo com as previsões do Banco Mundial quarta-feira divulgadas.

As “Perspectivas Económicas Globais” afirmam que o Produto Interno Bruto (PIB) angolano deve aumentar 16,9 por cento este ano, com um ligeiro abrandamento face a 2005, acelerando em 2007 para 22,3 por cento, a beneficiar da exploração de novos campos petrolíferos e de formas mais eficientes de extracção do petróleo.

Em 2008, o Banco Mundial prevê uma expansão de 15,7 por cento da actividade económica em Angola.

Estes valores comparam com previsões de crescimento das economias da África Subsahariana de 5,3 por cento para 2007 e de 5,4 por cento para 2008.

No conjunto dos países africanos de língua portuguesa (PALOP), Angola destaca-se pelas elevadas taxas de crescimento, já que Cabo Verde deve expandir-se ligeiramente abaixo dos 6 por cento, a Guiné-Bissau poderá crescer à volta dos 3 por cento e Moçambique deverá ver o seu PIB aumentar perto de 7 por cento.

Não estão disponíveis previsões para São Tomé e Príncipe.

O défice externo, medido pelo saldo da balança corrente, terá uma evolução díspar entre os PALOP: vai melhorar em Cabo Verde (para 8,2 por cento do PIB em 2008) e deteriorar-se em Moçambique e Guiné- Bissau.

Em Angola, o saldo positivo externo vai voltar a aumentar, para 13,1 por cento do PIB dentro de dois anos. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH