Angola detém 1,9 por cento das reservas petrolíferas fora do Médio Oriente

17 December 2006

Luanda, Angola, 18 Dez – Angola detém 1,9 por cento das reservas de petróleo fora do Médio Oriente e 0,75 das reservas mundiais, refere o Memorando Económico de Angola, recentemente publicado pelo Banco Mundial.

O estudo indica que, em função destes dados, Angola se coloca a nível internacional como um reconhecido produtor de petróleo, tendo um bom registo de êxitos na exploração com rápida acumulação de reservas e crescimento da sua produção, além de possuir um significativo potencial petrolífero remanescente.

Em função disso, acrescenta, a maior parte das grandes companhias petrolíferas internacional estão presentes em Angola, nomeadamente a Chevron, ExxonMobil, British Petroleum (BP), Total, Shell e Agip.

O estudo do Banco Mundial refere ainda que recentemente entraram novas companhias de menor dimensão tais como a Devon, CNR e ROC.

Angola é o segundo maior produtor de petróleo da África Subsariana, logo a seguir à Nigéria que actualmente apresenta uma media de produção na ordem dos 1,3 mil barris/dia. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH