China concede apoio financeiro à Guiné-Bissau e abre mercado a produtos guineenses

4 January 2007

Bissau, Guiné-Bissau, 04 Jan – A China concedeu à Guiné-Bissau um apoio financeiro de 4 milhões de dólares e anunciou a abertura do seu mercado a 442 produts guineenses que vão beneficiar de tarifas preferenciais.

O protocolo que formalizou este apoio da China ao executivo guineense foi quarta-feira assinado em Bissau, no decurso de uma visita de 24 horas que o ministro dos Negócios Estrangeiros chinês, Li Zhaoxing, está a efectuar à Guiné-Bissau.

O ministro dos Negócios Estrangeiros guineense, Isac Monteiro, aproveitou o encontro para enaltecer as promessas do governo chinês para a realização de importantes obras públicas na Guiné-Bissau, nomeadamente a construção da primeira barragem no país sobre o rio Geba, no Leste, bem como a edificação dos palácios do Governo e da Justiça.

Isac Monteiro lembrou ainda que Pequim prometeu construir na Guiné-Bissau um hospital militar, numa altura em que está a reforçar a sua contribuição nos domínios agro- alimentar bem como na concessão de possibilidades de formação de quadros guineenses nas escolas chinesas.

De acordo com Isac Monteiro, o incremento da cooperação entre Bissau e Pequim tem sido favorecida, em grande medida, pelo Fórum China/África bem como pelo Fórum China/ Países Africanos de Língua Portuguesa. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH