Vendas da China para o Brasil em 2006 aumentaram 50,4 por cento

4 January 2007

São Paulo, Brasil, 03 Jan – A China vendeu em 2006 ao Brasil 7,9 mil milhões de dólares de produtos o que representa um aumento de 50,4 por cento em relação a 2005, de acordo com dados do Ministério de Comércio Exterior do Brasil.

Em 2003 o Brasil tinha um saldo favorável em relação à China de 2,3 mil milhões. No ano seguinte, esse valor recuou para 1,7 mil milhões. Em 2005, o saldo brasileiro ficou em 1,4 mil milhões.

Com o aumento das exportações chinesas, o saldo brasileiro ficou em 400 milhões de dólares em 2006, ainda de acordo com o Ministério de Comércio Exterior do Brasil.

O comércio entre Brasil e China atingiu 44,4 mil milhões de dólares nos últimos quatro anos (2003-2006), um aumento de 123 por cento em relação ao período entre 1995 e 2002.

No período entre 2003 e 2006 o Brasil exportou 25,2 mil milhões de dólares para o mercado chinês, e importou da China 19,2 mil milhões de dólares.

Entre 1995 e 2002 o comércio entre Brasil e China movimentou menos da metade dos valores verificados entre 2003 e 2006.

Naquele período de oito anos, o comércio entre chineses e brasileiros somou 19,8 mil milhões de dólares, ainda segundo dados do Ministério brasileiro do Comércio Exterior. No período, o saldo foi favorável ao Brasil em 1,2 mil milhões de dólares.

Entre 2003 e 2006 o saldo do Brasil no comércio com a China quintuplicou, alcançando 6 mil milhões de dólares mas a evolução das vendas chinesas ao mercado brasileiro tem vindo a reduzir anualmente a vantagem do Brasil.

Em termos globais a balança comercial brasileira em 2006 teve um saldo positivo de 46,07 mil milhões de dólares.

O governo brasileiro prevê que as exportações em 2007 atinjam 152 mil milhões de dólares, um aumento de 10,5 por cento em relação a 2006.

Em 2006 a China vendeu ao Brasil 7,9 mil milhões de dólares logo depois da Argentina com 8,1 mil milhões de dólares.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH